Choque Anafilático – O que fazer em casos de picadas de abelhas, vespas…

Choque Anafilático ou Anafilaxia nada mais é do que uma reação alérgica grave que envolve mais do que um sistema da pessoa.

Pessoas normalmente desenvolvem um quadro de reação alérgica exacerbada à alguns tipos de medicamentos, a alguns materiais que entram em contato com a  pele (látex por exemplo) e mais comumente, a alguns tipos de comida (crustáceos) e principalmente picadas de insetos (abelhas, vespas). As picadas por insetos, principalmente vespas e abelhas, podem acontecer facilmente para nós, montanhistas e escaladores.

Os sinais clássicos do choque anafilático (ou da reação alérgica grave) incluem a diminuição da pressão arterial e dificuldade para respirar (envolvendo ou não broncoespamos, edema da glote, etc…).

A anafilaxia pode ser fatal, e se você é alérgico a alguma coisa (picadas de insetos, por exemplo), ou se já teve no passado algum quadro que envolvesse uma reação alérgica exacerbada, é bom saber que o tratamento de escolha é a administração imediata de adrenalina (ou epinefrina) injetável.

Ou seja: você precisa estar preparado para uma situação dessas, principalmente se houver a possibilidade de contato com abelhas, vespas, etc…

Mais de 90% dos casos de anafilaxia são desencadedos a partir de um contato da pele com o alérgeno (a coisa que desencadeia a resposta alérgica). E como conseqüência, a vítima apresenta dificuldade para respirar, enxergar, queda na pressão arterial… o de primeira escolha é a administração imediata (se a pessoa for efetivamente alérgica, essas ações devem ser realizadas até mesmo antes dos primeiros sintomas!) de adrenalina (epinefrina) 1:1000, difenidramina, prometazina ou outro anti-histamínico injetável, e se estiver em um ambiente hospitalar/médico, provavelmente usarão bloqueadores, aminofilina, corticosteróides (e mais adrenalina!).

O protocolo de atendimento a seguir pode ser útil para o primeiro atendimento a uma vítima de reação anafilática:

No meu kit de APH (atendimento pré-hospitalar) costumo levar algumas ampolas de adrenalina 1:1000 e duas seringas de insulina, embaladas em uma prática embalagem de escova de dentes. Normalmente esse kit fica no capuz da mochila. Confira:

 

 

Ficou em dúvida ? Está inseguro ? Não sabe como proceder ? Que tal fazer um curso de primeiros socorros (na verdade um curso sério de APH) ? Aprender de verdade quando e como agir em uma situação crítica ?

Para saber mais, recomendo a leitura : mmspf.msdonline.com.br/pacientes/manual_…

E para quem já fez algum curso de Primeiros Socorros, que tal comprar e estudar o PHTLS ? ( www.blog.marski.org/?p=14  )

Abraços e boas escaladas !

PS: Em caso de picadas de abelhas, é importante retirar os ferrões com uma pinça, após ter cessado o ataque…

 

Related Posts with Thumbnails

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>